Tuesday, July 11, 2006

Mundialices V. Coisas soltas

Acabou-se, mais um Mundial. Agora, só em 2010. Até lá, temos um Europeu para nos entretermos e, claro, campeonatos caseiros - coisa muito mais "nossa", mais sentida.
Coisas soltas, que não tive tempo de escrever:

  • Portugal: afirma-se, finalmente, como uma equipa que aparece em todas as grandes competições. Desde 1996 que só o Mundial francês foi falhado. A evolução sente-se (uma final, duas meias finais desde esse torneio) e é de aplaudir. Pergunto: é suposto Portugal ficar contente com a sua prestação? Sim, e muito. Pergunto outra coisa: Portugal pode ir mais além? Pode ser daqueles países que ganham Taças? Difícil, difícil. Possível, mas difícil. Acho que é demais pedir isso aos rapazes. Mas não custa nada parar de pensar nisso. Porque se se pensa nisso, exige-se isso. E então, a coisa afinal foi um fracasso.

  • Pauleta: o melhor terceiro central de todo o Mundial. Um escândalo. Nunca pensei que fosse possível uma equipa que chega às meias finais do Campeonato do Mundo tirar o ponta de lança titular quando está a perder. A questão é que eu também o tirava, só não percebo é como é que ele jogava!

  • Brasil: um fracasso a todos os níveis. Nem "jogo bonito" nem jogo feio. Nada. (Só, aqui e ali, Zé Roberto.)

  • Cannavaro: Intratável, um muro. Faz um Mundial espectacular e fez com que fosse impossível um jogador adversário marcar à Itália em jogada de bola corrida. Sentido de colocação fenomenal, um poder de impulsão fabuloso para o seu 1, 75 m e uma calma fria no um para um com o avançado adversário. Nem Scheva, nem Klose, nem Henry. Ninguém passou por ali.

  • Materazzi: o futebol é o único desporto onde um comum "assassino" passa a estrela num ápice. Lembrou a Zizou que a manhosice do futebol de rua também se usa na Final do Campeonato do Mundo, gozou com os assobios no seu penalty e sai com o maravilhoso título de "Vilão" deste Campeonato do Mundo. E quando a FIFA queria a tudo custo ajudar Zizou na sua história mágica, ao mesmo tempo que é inconveniente chamar "melhores do mundo" aos do Calciocaos, este título deve saber quase tão bem como o de Campeão do Mundo.

  • Pirlo: li n`A Bola, num texto do Freitas Lobo (um dos poucos que ele não plagiou ao Valdano), que Lampard dava aulas de colocação no terreno todos os jogos. Como se o campo fosse um quadriculado e Lampard sempre na casa certa. Interrogo-me, depois de tão faustoso elogio, o que escreveria "Jorge" Lobo sobre Pirlo. Finíssimo, sempre no sítio certo, como se fosse um iluminado no meio de mortais. Lembrou-me Guardiola por jogar a dois toques (pára e dá) e Rui Costa (cabeça levantada, como se lêsse e passeasse). Tudo passou por ali.

  • Zidane: o génio que se atraiçoou a si mesmo. Embriagado no seu próprio conto de fadas, caíu, ingénuo, nas artimanhas de Materazzi. O futebol é incrível por isto mesmo: recordaremos sempre mais facilmente a sua agressão do que o jogo lindo que fez com o Brasil. Até sempre.

  • Resultadismo: queixam-se os teóricos que o futebol ao mais alto nível aborrece e até se decide em penalties. É natural: os que jogam para a frente perdem e como o fundamento do jogo é ganhar... Defende-se primeiro. Não me parece nada mau, até porque aprecio uma equipa que sabe defender como aprecio uma que sabe atacar. Não é tão atractivo? Perguntem aos italianos se não acham a sua selecção atraente. Aborrece? Sim, Austrália, Ucrânia, Alemanha e França. E os outros, que os viram pela TV. no entanto, confio no jogo. Há sempre um Ronaldinho ou um Maradona que dá a volta a estes esquemas. Claro que há torneios onde não aparecem. Mas, inevitavelmente, vaõ estar sempre por aí. Como na Champions deste ano.

20 Comments:

Blogger GR1904 said...

Eu vejo a Itália como um paradigma do futebol moderno. Personifica-o dentro das quatro linhas, pois jogam para o resultado e esquecem-se que há mais para além disso. Esquecem-se que têm talento para jogarem bem à bola e por isso esquecem-se que podem aliar resultados ao "joga bonito". Exemplos não faltam por aí e quem critica o futebol moderno tb o pode fazer em relação ao estilo de jogo italiano. É um verdadeiro tédio ver um jogo entre equipas italianas e não é por acaso que desde há largos anos a esta parte Itália deixou de ser o principal destino de grande parte dos melhores jogadores estrangeiros de futebol.

3:25 PM  
Anonymous www.-cag-on-tour-.blogspot.com said...

Concordo com parte do comentario anterior , so nao na parte em que diz que os grandes jogadores nao vao agora para Itália pelo tipo de jogo que se faz lá.Isso nao lhes intressa, eles querem é dinheiro, e onde dá agora é na Espanha e Inglaterra.Basta vermos outro exemplo porque foram Costinha, Maniche e Derlei para a Russia? Certamente nao foi pela bela vodka que lá existe..Money , money , money...

6:19 PM  
Anonymous miki said...

Infeli*mente acho qe somos unanimes em afirmar qe o dinheiro é qe comanda o futebol actual, no entanto concordo qe a Italia antiga é o Reino Unido e até a Espanha de agora ou seja, os " craques " sonham em ir p la nao só pela vertente economica mas também pelo futebol espectaculo como o fa*iam antigamente partindo para o calccio.
Boas ferias m. =)

9:10 PM  
Anonymous Anonymous said...

http://www.setbb.com/fcp/ <---- para Portistas ou para quem queira participar... De a sua opiniao

FCP FOREVER

8:52 AM  
Blogger Lupin IV said...

This comment has been removed by a blog administrator.

9:34 AM  
Blogger Lupin IV said...

Sou um claro fan da equipa italiana e do futebol italiano e por isso preciso de discordar com a maioria dos posts aqui colocados.
Porque gosto do futebol italiano ? Porque gosto de grandes golos (vejam os resumos do "calcio" para ver se todas as jornadas não há grandes golos), porque gosto de clássicos e derbies (só assim de cabeça temos o de Roma, o de Milão, o de Turim, o de Genoa e os outros menores e regionais), porque gosto de um futebol popular (vejam o preço do futebol em Inglaterra / Espanha e comparem com o Italiano), porque gosto de jogadores que despem a camisola e festejam na curva (nem é preciso exemplos...), porque gosto do futebol paixão (em Inglaterra também o é, mas cada vez mais fora da Premier League), porque gosto de campeonatos com equipas históricas (Roma, Lazio, Inter, Milan, Juve, Toro, Sampdoria, Genoa, Napoli, Fiorentina, Atalanta - todos elas tiveram periodos históricos e venceram titulos), porque gosto de um campeonato em que só há 2 jogos por jornada à noite, um ao sábado e um ao domingo.
Porque o futebol italiano produz génios de camisola 10: Giannini, Baggio, Del Piero, Totti. Não há Hugos Vianas...
Neste Mundial a Itália não encantou como a Argentina, mas deu vontade de ver. Era uma equipa, nenhum era "a vedeta" (Cristiano Ronaldo, Ronaldinho, etc etc...) e soube interpretar como ninguém os principios básicos. O Futebol é um jogo de equipa com magia, não um jogo de magia com equipa...
O Calciocaos mergulhou o futebol Italiano numa nuvem negra. Mas apenas vai servir para "purificar" alguns clubes, para fazer uma Serie B ao nível de muitas primeiras divisões por essa Europa fora (Napoli, Genoa, Juventus, Brescia, Verona, Fiorentina, Lazio...) e fazer com que o "povo" acredite novamente na justiça no Calcio.
Vediamo...

9:36 AM  
Anonymous slb fan said...

tu es um claro fan do mundo ultra italiano, não confundas as coisas, senão so estas a provar que não pescas nada de futebol. mas acabaste mesmo de provar que nao pescas mesmo nada de bola ao dizeres que deu vontade de ver a italia jogar no mundial (??!!). tens razao por dizeres que o futebol é um jogo de equipa com magia, mas dizer isso da Italia?! E compara-la a Argentina?????

3:46 PM  
Blogger Lupin IV said...

Se calhar infelizmente para a tua teoria já assisti a bola em vários países da europa e a jogos desses campeonatos. Com a excepção do Inglês nenhum é tão intusiasmante como o italiano.Alguns (como o Belga e o Holandês)parecem mesmo sessões de cinema...

Depois isto é como tudo. Tu se calhar gostas das fintas do Ronaldinho e eu gosto dos passes do Pirlo. Para teres uma ideia, os meus jogadores favoritos do "Dream Team" do Cruyff eram o Bakero e o Guardiola.

2:03 AM  
Anonymous Anonymous said...

Oi.

Depois de ler os comentários anteriores, só uma achegazinha à parte da técnica versus táctica.
É coisa de futebol de rua pensar que técnica é driblar, fazer rodriguilhos e dar toques de calcanhar. Recepção e passe é técnica, e nos pés de meninos como Pirlo, Moutinho, Guardiola, Paulo Sousa (na versão com joelho) ou Deco, tambem é espectacular de se ver. Quem demonstrou mais técnica no Mundial..Cristiano Ronaldo ou Pirlo? Dificilmente alguém opta pelo madeirense...especialmente Thuram, Sagnol, Sylvestre ou Abidal.
Um abraço,
Guifes

4:16 AM  
Anonymous slb fan said...

lupin iv eu dispenso despretensiosismos ao dizeres que ja assististe a bola em varios paises como se isso fosse argumento para as tuas justificaçoes pois ninguem precisa de ir ver a bola a italia, a frança ou a russia para ter uma ideia como as coisas sao. ha uma caixinha que se chama tv e que mostra as jogadas as taticas e as tecnicas melhor do que ao vivo. se gostas de ver um jogo do campeonato de italia eu acho que entao tu nao gostas de futebol, gostas sim é dos italianos, ve-se a milhas pelos teus comentarios. dou-te razao se tiveres a falar do que se passa nas bancadas pois ai sim nao ha melhor que italianos!! e dizeres que o futebol italiano é entusiasmante mais uma vez so se for nas bancadas pois dentro das quatro linhas nao tem nada de atractivo.

ps1: nao podemos comparar o cristiano ronaldo ao pirlo, as posiçoes que tem dentro do campo distinguem logo o que um e o outro fazem.

ps2: o pirlo é um fora de serie mas é pena que seja numa equipa que joga tao feio.

ps3: porque razao nao falas na juventus quando falaste nos clubes hitoricos italianos? nao gostas ou nao consideras historico? se gostas dos outros nao ha razao para nao gostares da juventus. se nao consideras historico (é só o mais historico italiano) entao é mais uma prova que nao percebes nada de futebol.

3:28 PM  
Blogger SL Benfica Ultra said...

Eu gosto de futebol italiano, e muito. Admito que não é entusiasmante. Não é, de facto. Se compararmos ao inglês, que é muito mais rápido, até se pode cair na tentação que é uma seca.
A questão é que eu acredito piamente na máxima "Uma equipa só joga o que a outra deixa." E em Itália, opta-se por deixar pouco. Em Inglaterra, Chelsea de fora, toda a gente tem espaço e tempo para jogar. Em Itália, o futebol é de pormenores, já que há pouco tempo e espaço para pensar e executar. E eu gosto disso: da técnica num espaço minimo, dos pormenores tácticos e da importância que tem o Pirlo meter a bola imediatamente no pé preferido do avançado (porque ao contrário de Inglaterra, ele não vai ter tempo para trocar de pé).
É pouco entusiasmante, volto a repetir. Em Espanha, há talvez um ponto intermédio entre isto. A mim entusiasmou-me a Itália deste Mundial, e podem apedrejar-me, ou dizer que não sei nada de bola. Ri-me a bom rir com o penalty sacado ao australiano (aquela entrada é de um anjinho tão grande que haia obrigação moral de sacar o penalty), com a maneira espectacular como ganham à Alemanha e até a sorte com que ganharam à França me agradou. (Até porque o penalty francês não existe).
Já agora, aliar resultados ao "joga bonito", neste momento, só o bar$a e o Brasil, se tivesse - como era sua obrigação - puxado dos galões.

(PS: Eu gostava que o futebol fosse sempre tão entusiasmante como em Inglaterra e bem jogado como em Itália. Não nos zanguemos, mas continuemos o debate.)

4:51 AM  
Blogger Lupin IV said...

"porque gosto de campeonatos com equipas históricas (Roma, Lazio, Inter, Milan, Juve, Toro, Sampdoria, Genoa, Napoli, Fiorentina, Atalanta"

A Juve é a Juventus. Não é a Juve Stabia... ; )

A diferença de ver o futebol ao vivo e de ver na tv é tão simples como tudo: na tv "papas" o que te dão, ao vivo sentes. E é como te digo. Uns jogam à bola, outros futebol... É diferente.

6:18 AM  
Anonymous casual supporter said...

lupin iv, não concordo com o teu ultimo paragrafo. Ao vivo sentes o ambiente, como em qualquer acto desportivo que tenha milhares de espectadores nas bancadas. Na tv não sentes esse ambiente mas tens a larguíssima vantagem de veres um jogo de futebol na sua plenitude técnico-táctica atraves dos meios audiovisuais. Eu tenho a mesma opinião dos comentários iniciais. Não gosto de ver futebol italiano, é como ver uma partida de ténis sempre com jogadas ao fundo da linha à espera do erro do adversário. Resumindo e concluindo, a componente táctica é importante mas em Itália só se privelegia isso e a parte do espectáculo do futebol que devia ser o mais importante resume-se às bancadas.

6:37 AM  
Blogger Adepto Fanático said...

CasualSupporter, permite-me discordar mas é muito mais facil analisar um jogo tacticamente, vendo o ao vivo, do que na TV. Na TV não vês as movimentações das linhas, as oscilações das equipas etc. Claro que tens a vantagem de te deliciar inúmeras vezes com os pormenores técnicos, graças às repetições...
E sim... Sou um fan da Squadra Azzurra. Concordo com a ingenuidade do australiano naquele penalty.
Gosto de equipas pragmáticas e cínicas, são equipas que sabem o que querem, e como o podem ter! O que não invalida que admire e muito a selecção argentina e a brasileira (que este ano, me desiludiu e muito)

12:09 PM  
Anonymous old albion style 1906 said...

Equipas pragmaticas e cinicas não entretêm ninguem a ver futebol e nem sequer nos dão a garantia que ganhem. Italia é bem capaz de ser o unico pais onde um resultado de 3-2 (ou parecidos) num jogo de futebol não é sinonimo de emoção e incerteza no resultado.

2:34 AM  
Blogger Lupin IV said...

Estávamos na época de 1993/1994 e a final da Coppa Italia era transmitida na RTP, coisa RARÍSSIMA naqueles tempos.

Frente a frente a Roma de Giannini, Aldair e Voller e o Torino de Casagrande,Martin Vasquez,Silenzi e Rizzitelli.

O primeiro jogo termina 3-0 para o Toro. O segundo 5-2 para a Roma.

Querem mais emoção que isto? :)

5:06 AM  
Anonymous slb fan said...

Belo exemplo, isso foi ha 13 anos e ainda nao se falava à bruta e por todas as esquinas no futebol moderno. Qual foi a parte que não percebeste: a entediante Italia neste mundial ou o futebol entediante das equipas italianas nos ultimos anos? As duas vão dar ao mesmo e nao percebeste nenhuma delas? É grande a cegueira!!!

6:21 AM  
Anonymous Anonymous said...

Very cool design! Useful information. Go on! Liberty tax coupons Small business credit card applications cuda car lesbian hotel pacific heights broadcast quality digital video camera mayotte home decor Miracle bondage Motherboard viagra Discount colored toric contact lenses Auto loans for low fico score Sexy swimwear florida rodney carrington dear penis video

6:48 AM  
Anonymous Anonymous said...

What a great site Acyclovir pill prescription American everyday battery company Ativan lorazepam by wyeth Bell pro radar detector Trendy cardigan sweaters Richmond2c va video conferencing Shop for quit smoking resources Renault kangoo headlights La mejor pdas Peeing piss harddrive acyclovir and feline dosing

2:08 AM  
Anonymous Anonymous said...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it Care jason natural skin

9:53 PM  

Post a Comment

<< Home