Saturday, June 04, 2005

Alemanha - Portugal: Valsa Quase Antidepressiva

A RTP Memória tem trazido de volta clássicos do futebol português. Foi com deleite que já revi o 3-6 em Alvalade, o 2-3 no Bessa com o Paulo Sousa à baliza e foi também com horror que desliguei a TV sempre que aparecia um jogo que o SL Benfica não ganhou.
Mas na quinta à noite assisti a um jogo também ele mítico e que me fez ir dormir a pensar muito: Alemanha - Portugal, 1997, em Berlim, o célebre jogo da expulsão do Mago Rui Costa. Já disse mil vezes que não sofro com a selecção. Aliás, o que eu mais gosto das quinas é vê-las na camisola do Benfica, portanto estão a ver o meu tipo...
Mas, pela paixão ao jogo, envolvo-me quando me apercebo que estou perante um jogo que vai ser sempre lembrado. E se assim foi no Portugal - Inglaterra, mais foi nesse Alemanha - Portugal. O jogo foi incrível. Se com a Inglaterra o que valeu foi a emoção, os golos, o pontapé do Rui Costa, ali foi a Valsa, uma Valsa Quase Antidepressiva (um doce para quem souber a banda que toca esta música...) com que a "geração de ouro" nos brindou a todos.
Esse jogo foi o paradigma da vida daquela selecção. Como se o futebol fosse (e na maior parte das vezes é...) uma metáfora da vida. Naqueles 90 minutos há um sentimento trágico, quase de"Romeu e Julieta", da história que está a ser linda e que acaba mal por injustiças do destino. E até eu, Clubista cego que gostava que os jogadores da minha equipa nunca fossem à selecção para não se poderem lesionar, acabei o jogo (não em 97, mas agora!!) a perguntar: "Como é possível?".
Portugal jogou, como era costume naquela altura, sem ponta de lança. Do meio campo para a frente jogaram Paulo Sousa, Rui Costa, Figo, Pedro Barbosa e JVP. Tudo artistas. Abriram o livro nesse dia. Quase me apeteceu por uma valsa a tocar enquanto via o jogo, para acompanhar cada vez que o Rui Costa metia a bola entre as pernas de um alemão e dava aqueles saltos para evitar as pancadas. 80 minutos do futebol mais rendilhado possível. Parecia que jogavam "à rabia". Uma verdadeira delícia. Mas sentia-se, em todo aquele jogo (mesmo nesse recital), a nuvem negra do destino. Toda a gente sabe que o Romeu e Julieta acaba mal, mas não deixamos de torcer por eles. Ali foi exactamente igual. Mesmo em 97, sem conhecer o fim do jogo, e de boca aberta com a fluidez de jogo, o facto de não entrarmos na área deles, e toda a inconsequência daquilo, antevia a tragédia de Batta.
Eis que chega o golo de Portugal. Um jogadão. Brincam com os alemães no meio campo, trocam-lhes as voltas, Barbosa e Figo tabelam e o primeiro remata com o peito do pé. Nesta altura, em Maio de 2005, interrogo-me se Portugal se deixou mesmo empatar. E, estupida e infantilmente, como uma adolescente de 13 anos que acha que é a Julieta, acreditei que Portugal até se ia aguentar.
Mas a coisa passou-me logo a seguir, porque a nuvem trágica que vos falava deu o seu maior sinal: nova "rabia" aos alemães, duas tabelinhas de livro, e o Rui, o meu Rui, o nosso Rui, falha à frente do Koepke o que seria o 0-2. No fim dessa jogada é expulso. Depois vem o 1-1. E só mesmo para chatear, com 10 jogadores, Portugal faz 5 minutos finais com 3 golos falhados. A tragédia finaliza-se. A valsa acaba. Quase, quase antidepressiva.
Este jogo foi o fim da "geração de ouro". Daqueles 11 que começaram o jogo, só Figo jogou a final do Europeu do ano passado. O fim da geração que foi o maior bluff de sempre da história do futebol português.
E esse jogo é uma brincadeira cruel dos Deuses do Futebol, a mostrar aos meninos que mandaram coisas da janela do hotel ao Nuno Luz, aos meninos do caso Paula, etc, o quão grandes podiam ter sido. O quanto eles sabiam jogar à bola e como eram inconsequentes. Em 90 minutos, a história dessa geração ficou evidenciada. Prometer muito e morrer de forma inglória, com uma suposta "vitória moral".
Quando o jogo acabou, desliguei a TV e fiquei a pensar no quanto o futebol tem mesmo a ver com a vida, seja dos jogadores ou dos adeptos. É incrível como alguns jogos nos marcam por serem tão depressivos, outros por serem tão bonitos e gloriosos e por aí adiante. E mais ainda, como é que a história de uma geração nacional (que gostemos ou não, é uma geração que marca as nossas vivências futebolísticas) se resume em 90 minutos. O futebol às vezes é isto: uma Valsa Quase Antidepressiva.



****************************************

Hoje a selecção joga o apuramento para o Mundial e acho que nem vou ver o jogo. Li no jornal que o sr. Batta é o chefe da arbitragem do futebol francês. É incrível como, 8 anos depois, é evidente que os "maus" ganharam nesse dia, e não há nada que se possa fazer para que isso se altere.

5 Comments:

Blogger LC said...

Ai Manel, manel, esse jogo... o que eu me ri nesse jogo, demos um recital de bola e o "teu" Rui, foi expulso por se armar em "prima dona", se ele saisse do campo em vez de se voltar e revoltar, nada daquilo teria acontecido.
Mas acabaste de dize-lo, mandaram pela janela a penúltima oportunidade de brilharem num grande palco... jogaram muitos o Euro 2000.

7:24 PM  
Anonymous Trifanisevic said...

«Quinteto Tati», ex-«Belle Chase Hotel». Venha de lá esse doce (tb aceito o valor em jolas)!

7:34 PM  
Blogger SL Benfica Ultra said...

Trifasinevic: é eu acabar a merda dos exames e temos jolas!
Grande JP Simões... Mítico, mesmo. OS Belle Chase ainda existem, até acho que lançaram um albúm novo, mas tal como o de Quinteto, tarda em chegar à FNAC...

Abraços!

6:37 AM  
Blogger chenlina said...

chenlina20160427
nike trainers uk
ray ban sunglasses
cheap nfl jerseys
hollister clothing
michael kors outlet
ray ban outlet
adidas nmd
ray ban sunglasses
nike roshe run
burberry outlet
gucci outlet
louis vuitton outlet
christian louboutin outlet
polo ralph lauren
nike huarache shoes
tod's shoes
louis vuitton outlet
coach outlet
christian louboutin outlet
michael kors uk
coach outlet clearance
louis vuitton outlet
michael kors uk
louis vuitton outlet
michael kors handbags
coach factorty outlet
pandora jewelry
michael kors
adidas originals store
fake watches
ralph lauren outlet
louis vuitton handbags
burberry outlet
coach factory outlet
michael kors outlet online
kate spade handbags
adidas superstar
toms shoes
ray ban wayfarer
louis vuitton outlet stores
as

5:31 PM  
Blogger Zheng junxai5 said...

zhengjx20160512
oakley vault
ghd hair straighteners
ray ban sunglasses
cheap oakley sunglasses
coach outlet
michael kors outlet
toms outlet
coach outlet online
louis vuitton
burberry handbags
louis vuitton purses
coach outlet store online
true religion sale
coach factory outlet online
longchamp le pliage
oakley sunglasses
beats by dr dre
michael kors outlet
tiffany and co jewelry
michael kors bags
adidas outlet store
michael kors outlet
montblanc pens
coach outlet
adidas superstar shoes
jordan 3 retro
tory burch outlet
louis vuitton outlet
coach factory outlet online
nike air max 90
kate spade outlet
north face jackets
nike roshe one
ray ban eyeglasses
louis vuitton purses
rolex watches
louis vuitton outlet online
polo ralph lauren outlet
ray ban sunglasses uk
nike air max uk

8:46 PM  

Post a Comment

<< Home