Sunday, April 24, 2005

Estrela - Benfica: Rumo ao Jamor!

Se no ano passado a Taça representava tudo para nós (porque o campeonato se afigurou desde muito cedo impossível e era o destino regressarmos aos títulos no ano do Centenário e do Fehér), admitamos que este ano, a nossa cabeça está (felizmente) no título. Não que eu não queira a Taça, mas não há comparação possível com o que eu quero ganhar o campeonato.
O que se passou no meu estado de espírito na Amadora foi então, um óptimo sinal da vida do meu clube. Eu estava-me a marimbar para a competição em si. Eu vi esta vitória como o recuperar da moral para o Campeonato, não como uma meia final da 2ª competição portuguesa.
Acho que é nestas obsessões. nas superstições e nas teorias de conspiração que se revela o nosso fanatismo. Eu vi nesta vitória o recuperar da moral para as nossas tropas, um eminentíssimo Benfiquista meu parente disse-me estar preocupado pelo facto do Boavista não ir à final connosco porque "em caso de necessidade combinávamos dar-lhes a Taça em troca do último jogo do campeonato!" e um grande amigo meu (e grande Benfiquista) jurou não ver mais nenhum jogo até ao fim da época por se ter apercebido com o jogo da Amadora que ganhamos sempre que ele não vê o jogo e não o fazemos quando ele os vê.
Acabámos foi os três a convergir no fim para feliz ideia de estarmos na Final da Taça outra vez. Acabámos, depois de cada um ter sofrido à sua maneira (era como vos dizia numa das crónicas anteirores, cada um atribui um significado metafísico qualquer para cada jogo do Mágico) por convergir no nosso fanatismo e devoção: o Benfica.
É um dos encantos da tribo da bola. A multiplicidade de formas de estar na bancada, no sofá, de sofrer, de apoiar, de acreditar em coisas inverosímeis e de no fim abraçar o companheiro do lado e cantar junto com ele.

Um abraço a toda a tribo da bola, independetemente da cor, e claro, a todos os Benfiquistas, independentemente da forma de apoiar e das superstições.

4 Comments:

Anonymous Silva said...

Estamos lá...o jogo do Jamor ainda é o unico em que vivemos um bocadinho dos velhos tempos...é um jogo unico...

Isto ja nao é uma onda vermelha...é um oceano vermelho...só um clube como o Benfica podia unir tanto as pessoas em volta de um ideal...meio a brincar costumo dizer aos meus amigos que há mais BENFUQUISTAS que portugueses...e cada vez acredito mais nisso...

4:17 PM  
Anonymous Anonymous said...

este jogo no estoril foi uma loucura na bancada.....tava a ver que era desta que tinha um ataque...
sem garganta já, mas com uma fé inabalável.


spencer

12:58 PM  
Anonymous Anonymous said...

Espero que os senhores da Federação não se lembrem de retirar a final do Jamor. Deve SEMPRE ser ali... É mesmo o último "cheirinho" do futebol de antigamente.

5:35 AM  
Blogger Sport Lisboa e Benfica said...

Perfeitamente de acordo! Final da taça é no jamor! Que aproveitem os estádios novos para a Supertaça! Assim voltamos ao Algarve em Agosto ehhe

7:29 AM  

Post a Comment

<< Home