Tuesday, April 06, 2010

Messi

Num mundo justo, quem ousasse comparar Messi a Cristiano Ronaldo era imediatamente preso e ficava a pão e água durante meses. Messi fez, depois do Barça - Valência, do Zaragoza - Barça e do Barça - Stuttgart, a quarta exibição maradoniana dos últimos tempos (estamo a falar de quê, dois meses?).
Messi é futebol puro. É o drible, é o pequeno que finta o grande, é aquela anca que mente, mente, mente. É aquele toque maravilhoso antes do segundo golo (quantos supostos craques não chutariam de primeira?), é aquele toque no livre para Pedro, é a raiva do primeiro golo, é a sublime pausa para deixar Eboué "pousar" antes de virar para outro lado.
Messi é um génio. Porra, um génio. Messi está a subir degraus para um Olimpo onde moram poucos (Maradona, Di Stefano, Eusébio, gente dessa estirpe). Messi já não é de agora, deste tempo, é para sempre. Messi é o pós - Zidane, é o jogador mais genial dos últimos anos.
Vê-lo emociona-me. Vê-lo põe-me arrepiado. Eu vi o Inglaterra - Alemanha do Itália 90, o Barça do Cruyff, o 3-6 em Alvalade, aquele golo do Ronaldo em Compostela (e os outros que ele marcou nesse jogo, que acabou 1-4), vi o Savicevic a desfazer o Barcelona em Atenas e vi a França de Deschamps e Zidane. Lembro-me perfeitamente de Romário e Bebeto na frente, dos pontapés de bicicleta de Rivaldo, da reviravolta de filme no Manchester - Bayern em Barcelona. O golo do Gascoigne à Escócia, o de Poborsky a Baía, o renascer do Real Madrid, naquela noite em Old Trafford, quando Redondo e Raul pareciam possuídos. O Euro 2000, tão, mas tão bem jogado.
E depois vi Iniesta e Xavi a trocarem a bola na final do Euro 2008, ao que se seguiu algo que só o tempo nos pode dar a distância suficiente para avaliarmos bem, o Barça de Pep Guardiola.
Neste, Leo Messi. O que hoje vimos, estes 4 golos, num desvario de quem só se quer divertir, de quem só quer brilhar, como se tivesse acabado de se apaixonar, caramba, é história a acontecer à frente dos nossos olhos. Vejo Messi a desfazer o Arsenal e - porque sinto o futebol como a metáfora máxima da vida, da emoção humana - é como se visse o nascer da primeira música, como se lesse o meu primeiro livro.
Messi não é comparável a ninguém. A alegria com que joga transpira em cada jogada. É impossível ficar indiferente. Qualquer um, perceba ou não de futebol, tem de olhar e perceber que  está ali a acontecer algo.
Eu vi Messi.

3 Comments:

Anonymous RSA said...

Ainda bem que não fechaste este blog porque ele merece continuar, os teus textos são autenticos hinos sobre futebol e sobre aqueles que são futeboldepedente.

Epá o Messi... olha só espero para o ano recebe-lo no nosso estádio ainda com o Pablito e o Saviola do nosso lado e depois desfrutar...porque para mim depois de Maradona.....

Está quase BENFICA CAMPEÂO :)

3:44 AM  
Blogger Zheng junxai5 said...

zhengjx20160512
oakley vault
ghd hair straighteners
ray ban sunglasses
cheap oakley sunglasses
coach outlet
michael kors outlet
toms outlet
coach outlet online
louis vuitton
burberry handbags
louis vuitton purses
coach outlet store online
true religion sale
coach factory outlet online
longchamp le pliage
oakley sunglasses
beats by dr dre
michael kors outlet
tiffany and co jewelry
michael kors bags
adidas outlet store
michael kors outlet
montblanc pens
coach outlet
adidas superstar shoes
jordan 3 retro
tory burch outlet
louis vuitton outlet
coach factory outlet online
nike air max 90
kate spade outlet
north face jackets
nike roshe one
ray ban eyeglasses
louis vuitton purses
rolex watches
louis vuitton outlet online
polo ralph lauren outlet
ray ban sunglasses uk
nike air max uk

8:47 PM  
Anonymous Obat TBC Sampai Sembuh said...

Hopefully today enjoyable, thanks for sharing information

Obat Jantung Koroner Secara Alami
Obat Hipertensi Secara Efektif
Obat Susah Buang Air Besar
Pengobatan Demam Berdarah Baik Untuk Semua Usia
Pengobatan Rematik Sampai Sembuh
Obat Atasi Kulit Bersisik Dan Gatal

12:12 AM  

Post a Comment

<< Home